terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Mão de Mestre

www.maodemestre.com

Todas as minhas cronicas sobre os campeonatos franceses e os jogadores portugueses a jogar em França, são a ver a partir de hoje, no sitio Mão de Mestre.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Os Jogadores : ProD2


A semana passada, começamos a fazer a lista dos jogadores portugueses que vão jogar na França no o nível mais alto, Top14.
Hoje, vamos continuar na mesma com os jogadores que vão actuar na ProD2, a segunda e ultima divisão profissional. 8 jogadores vão correr esta temporada sobre os terrenos de ProD2.


O primeiro jogador é um jogador que conhecemos bem agora com o facto que ja tem 5 internacionalizaçãos, Samuel Marques vai continuar esta temporada com a equipa de Albi. O jogador que era emprestado por Pau no ano passado, assinou ao final com Albi. Samuel que fez excelentes jogos o ano passado é uma grande esperança para o rugby português.


Também outro internacional, Francisco Fernandes vai continuar esta temporada com a sua equipa de Beziers. Francisco é um jogador muito importante nesta equipa que vai pretender mais que lutar para a manutenção em ProD2. Hoje, Francisco conta 13 internacionalizaçãos com a nossa Selecção.


A equipa que vai contar com outros portugueses é Bourgoin. Fabio da Silva e sobretudo o nosso internacional Cristian Spachuk são os jogadores que fazem parte do plantel desta equipa. Os dois portugueses são jogadores fondamentais, o primeiro no poste de medio de formação e o segundo como pilar direito. Bourgoin faz a sua volta nas competiçãos profissionais.


Outro internacional português é o Aurélien Béco que vai jogar na equipa de Colomiers que fez uma temporada 2012/2013 bastante boa. Aurélien Béco é capitão desta equipa e é um excelente terceira linha.
O internacional português que tem 5 internacionalizaçãos vai ser um jogador em destaque esta temporada sem duvida.


Jean Sousa é outro português que vai jogar na ProD2. A sua equipa de Lyon que foi uma desilução o ano passado pretende subir para o Top14. Jean foi um elemento muito importante e sera sem duvida ainda mais importante esta temporada.



Narbonne vai contar ainda com dois portugueses esta temporada. Gonçalo Uva e José Lima são os portugueses do plantel "narboneense". Gonçalo que foi na primeira parte da temporada 2012/2013 sempre titular vai lutar para manter este lugar. No lado do jovem centro é diferente: o José apareceu duas vezes o ano passado na lista dos convocados e Narbonne espera muito dele.
Este ano, o José pode ter um papel muito diferente e esperamos por ele que seja um papel de adversario direito para os outros centros que são eles profissionais. 

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Os Jogadores : TOP14



E tempo de fazer uma lista dos jogadores portugueses e lusodescendentes que vão actuar em Top14, ProD2 e Federale1 na temporada que vem 2013/2014.

Hoje vamos começar com o nivel mais alto do rugby francês: o Top14. 14 equipas vão disputar o titulo na proxima temporada para tentar suceder ao Castres Olympique que foi o grande campeão 2013.



Vamos poder ver nos diferentes campos de Top14 no total 2 portugueses.
Um que ja conhecemos todos, Julien de Sousa Bardy, que vai tentar confirmir depois duma temporada 2012/2013 muita boa pessoalmente.
O outro sera o jovem Thomas Laranjeira que conseguiu a subida da ProD2 ao Top14 com a sua equipa de Brive. O medio de formação e centro de 21 anos conseguiu jogar 25 jogos no qual 11 como titular.



Desejamos uma boa temporada aos dois!

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Entrevista a David Pereira Mateus


David Mateus é jogador da Selecção Nacional de Sevens e vai disputar este fim de semana o Mundial de Sevens que tem lugar na capital russa de Moscovo. David vai entregar-se a uma entrevista que vai dar o seu pensamento sobre a competição e também vamos falar da sua propria carreira.

Rugby Portugal/Lobos em França : Primeiro, obrigado David por ter concordado com a entrevista. No primeiro jogo, perdemos 21 – 7 frente a Ingleterra. Que balanço fazes dete jogo? A Ingleterra era tanto superior a Portugal ou pensas que podemos fazer melhor cntra equipas deste tamanho?
David Pereira Mateus : Sendo uma derrota, não posso de deixar de fazer um balanço negativo. Era um jogo importante nas nossas aspirações em irmos à Cup. O facto de o termos perdido reduz as hipoteses de acontecer. Todos sentimos que podiamos ter feito muito mais contra uma Inglaterra que pouco fez também para ganhar o jogo. Fizemos alguns erros em alguns pormenores que nos custaram o jogo e que os ingleses aproveitaram.

Rugby Portugal/Lobos em França : Amanhã, Portugal vai enfrentar  a Argentina e Hong Kong.  Que pensas destas duas equipas  ? A qualificação para a CUP vai disputar-se entre nos e a Argentina, penso eu, pensas que podemos ganhar contra eles e como  ? 
David Pereira Mateus : No rugby de 7 já não há equipas faceis. Todas as equipas são dificeis. Ou pelos menos nós as encaramos assim. É claro que percebemos que a Argentina é melhor equipa que HK. Anda no circuito mundial da IRB desde sempre. Aliás, pode-se ver pelo resultado do jogo de hoje. HK apesar de ser uma equipa com menos nome e menos experiência, tem bons jogadores aos quais precisamos de estar atentos. Não tenho duvidas que podemos ganhar a ambas as equipas. Para tal apenas temos que reduzir ao maximo os nossos erros (nenhuns se possivel) e aperfeiçoar ao maximo os detalhes. Se o fizermos, ganhamos!

Rugby Portugal/Lobos em França : Ao nivel pessoal, que esperas deste Mundial  ? Estar no 7 inicial  ? Vimos em Lyon que ficas o jogador com mais experiencia, porque é que não es capitão desta Selecção  ?
David Pereira Mateus : Eu gostava muito de neste mundial irmos à Cup. Gostava de poder jogar mais do que tenho jogado e ajudar a equipa a atingir os seus objectivos. Gostava de o poder fazer marcando muitos ensaios! :-) Gostava de fazer sempre parte do 7 inicial, mas compreendo o treinador por não o fazer... ou por fazê-lo poucas vezes. Temos uma equipa recheada de muito bons jogadores, inclusive os mais novos. Vou-me tentando impôr na equipa, mas não é facil com tanta qualidade. E depois é normal que o treinador tenha os jogadores que lhe dão mais confiança. E eu apesar de ser o jogador com mais idade e experiência no rugby, não quer dizer que tenha que ser capitão. Não me importo de o ser quando tiver que ser e me pedirem, mas é capitão quem tem perfil para isso. E há poucas pessoas nesta selecção que têm o perfil para tal. E o Frederico Oliveira, apesar de oito ou sete anos mais novo que eu, é a pessoa indicada.

Rugby Portugal/Lobos em França : Senão, aprendemos a pouco tempo que vais deixar o teu clube de sempre o Belenenses para ir jogar para o clube das Caldas da Rainha. Porque decidiste ir para este clube  ? Podes nos falar mais do projecto deste club  ?
David Pereira Mateus : Houve vários factores que me levaram a sair do Belenenses. Mas houve um factor maior e o mais importante que fez com que me decidisse em ir jogar para o Clube de Rugby das Caldas. A Groundlink, empresa que patrocinia o CRC, estava à procura de pessoas para trabalhar para a sua empresa. Fizeram-me uma proposta de trabalho, sendo que uma das condições seria ter que jogar no CRC. Visto que no meu anterior emprego tinha um contrato de trabalho precário a recibos verdes e sem qualquer tipo de descontos para o estado, tive que pensar no meu futuro e, como na minha área está muito dificil e, como se diz, tive que me fazer à vida. Custa-me imenso sair dum clube onde joguei a minha vida toda,clube que amo do coração e no qual fiz muitos amigos. Mas é assim, a responsabilidade vem ao de cima e tive de fazer uma escolha. Mas acredito que as pessoas do CRC me vão receber bem e vou fazer muitos amigos. É um projecto engraçado do qual passa pela subida à primeira divisão, manutenção e, mais tarde, luta pelo primeiro lugar. Não vai ser facil, mas é possivel. Com tempo e dedicação. E não vou sozinho. Frederico Melim e Luis Sousa do Belenenses também vão.

Rugby Portugal/Lobos em França : Muito obrigado David por ter respondido a nossas perguntas.
David Pereira Mateus : Eu é que agradeço por me teres dado a oportunidade de dar a minha opinião. Um abraço!